Pós-Graduação à distância em 

ANTROPOLOGIA BRASILEIRA

Instituição:

Este curso é oferecido pela Faculdade Prominas.

Descrição do Curso:

Os antropólogos adotam uma abordagem ampla para entender os muitos aspectos diferentes da experiência humana, a que chamamos holismo. Eles consideram o passado, através da arqueologia, para ver como os grupos humanos viviam, centenas ou milhares de anos atrás, e o que era importante para eles.
Eles consideram o que compõe nossos corpos biológicos e genéticos, bem como nossos ossos, dieta e saúde. Os antropólogos, também, comparam os seres humanos com outros animais (na maioria das vezes, outros primatas como macacos e chimpanzés) para ver o que temos em comum com eles e o que nos torna únicos.
Embora quase todos os seres humanos precisem das mesmas coisas para sobreviver, como comida, água e companhia, as maneiras pelas quais as pessoas atendem a essas necessidades podem ser muito diferentes

Objetivos:

Recuperar o debate da Antropologia produzida no Brasil, buscando promover um diálogo com as preocupações da disciplina em termos universalistas, ao mesmo tempo em que visa inserir o estudante na área das ciências sociais e, portanto, nos debates contemporâneos.

Público Alvo:

O curso de pós-graduação em Antropologia Brasileira é destinado aos portadores de diplomas da Ciências Sociais e afins, como Serviço Social, Filosofia, Sociologia, bem como aos profissionais atuantes na área social, como economista, historiador, geógrafo, entre outros. O curso é estendido aos profissionais das demais áreas que desejam adquirir conhecimento interdisciplinar no objeto de estudo do curso.

Método de Ensino:

Este curso conta com vídeo-aulas, apostila e outros materiais de apoio com meio de ensino.

640 Horas

Taxa de Matrícula:

R$ 170,00

Preço:

20

x de

R$ 180,00

PROMOÇÃO:

20

x de

R$ 105,00

Conclua o curso em

6 Meses

Você estuda no seu ritmo podendo concluir o curso em no mínimo nesse prazo.

Através de vídeo aulas e material didático produzido por professores mestres e especialistas.

Reconhecido pelo MEC

Somos nota 4 (4 de 5) na avaliação geral do Ministério da Educação.

Confira a avaliação e autorização junto ao MEC clicando no botão ao lado:

Curso 100% Online

Nova resolução do Conselho Nacional de Educação não obriga mais, cursos EaD encontros presenciais para aulas ou avaliações. Confira a resolução CLICANDO AQUI.

     Tire suas Dúvidas pelo Whats App    

Disciplina

ch

Módulo

01

Lições Preliminares de Antropologia Brasileira

80 Horas

Do Surgimento da Antropologia e as Primeiras Correntes; O Surgimento do Pensamento Antropológico e o Evolucionismo; Antropologia Funcionalista; A Antropologia Francesa; Franz Boas e o Surgimento da Linha Americana; Os Conceitos de Cultura; Cultura e Natureza; Cultura Popular e Cultura Erudita; Transformações Culturais nas Sociedades Industrializadas; Temas Contemporâneos da Antropologia e a Antropologia Brasileira; Temas Contemporâneos da Antropologia; A Etnicidade em Questão; O Conceito de Identidade; As Discussões Contemporâneas de Gênero, Sexualidade e Parentesco; Os Debates sobre Cultura e Natureza; A Antropologia Brasileira; Da Chegada até os Anos 1960; A Antropologia Brasileira da Década de 1960 aos Dias de Hoje.

02

Antropologia: Pensamento e Produção Científica

80 Horas

Primeiros Caminhos da Antropologia; Pensando uma Prática, Oralidade e Pensamento Antropológico; Relativizando a Origem da Antropologia; A Antropologia dentro das Ciências Sociais; Os Primeiros Passos Dados por Durkheim e Mauss; A Produção Antropológica e seus Objetivos Científicos; O que Define a Antropologia enquanto Ciência?; Métodos e Técnicas da Antropologia; Escolas de Pensamento Antropológico e o Etnocentrismo, Evolucionismo, Difusionismo; Novas Perspectivas a partir da Etnografia; Escolas de Pensamento Antropológico: Funcionalismo, Estruturalismo, Culturalismo, Interpretativa; Novas Fronteiras da Antropologia.

03

Estudo da Antropologia Brasileira

80 Horas

Explicar o Brasil - Os Primeiros Passos da Antropologia Brasileira; O Contexto Histórico para a Consolidação da Antropologia no Brasil; Os Clássicos da Antropologia Brasileira: Roberto Damatta (1936-), Gilberto Velho (1954- 2012), Manuela Carneiro e Eduardo Viveiro de Castro.

04

O Papel das Relações Étnico Raciais no Estudo da Antropologia

80 Horas

A Invenção do Conceito de Raça; Estudos sobre Relações Étnico-Raciais; O Conceito de Raça e o Racismo; João Batista Lacerda; Nina Rodrigues; Relações Étnico-Raciais No Século XX; O Século XX das Relações Étnico-Raciais na Antropologia; Gilberto Freyre; Oracy Nogueira; Peter Fry; Carlos Hasenbalg; As Relações Étnico-Raciais e o Discurso Colonial e Pós-Colonial; Da Construção à Desconstrução do Conceito de Raça; A Virada Pós-Colonial e as Mudanças na Antropologia; O Discurso Colonial a partir de Gilberto Freyre; Kabengele Munanga e a Questão da Identidade; Qual o Lugar da Antropologia nas Relações Étnico-Raciais?.

05

Antropologia Histórica e Cultural

80 Horas

Primeiros Contatos entre História e Antropologia; História e Antropologia; O Olhar Antropológico e a História Cultural; A Nova História Cultural e a Antropologia Histórica; Diálogos entre Antropologia e História; Debates e Embates da Antropologia com a História; Lévi-Strauss e a História dentro do Estruturalismo; Marshall Sahlins: Entre a Estrutura e o Evento; Geertz e a “Descrição Densa”; Pierre Bourdieu: o Campo e o Hábitus; Diálogos entre a História e a Antropologia; Os Historiadores e a Antropologia; Emmaneul Le Roy Ladurie e a História Etnográfica; Robert Darnton e a Antropologia Interpretativa; Michel De Certeau e a Vida Cotidiana; Caminhos Distintos e Destinos Semelhantes.

06

A Formação da Sociedade Brasileira

80 Horas

As Influências Externas para a Construção da Interpretação do Brasil no Final do Século XIX para o XX - Alguns Apontamentos; Interpretações sobre a Formação da Sociedade Brasileira; A Geração de 1930; A Sociedade Brasileira; A Escravidão e a Questão Racial; A Dicotomia Campo e Cidade; A Sociologia no Brasil; Os Clássicos que deram a Forma Científica à Sociologia Brasileira.

07

Docência do Ensino Superior

80 Horas

O Ensino Superior no Brasil; A Universidade na Sociedade; Legislação da Educação Superior; A Prática Docente no Contexto da LDB (Lei n.º 9.394/96). As Teorias Pedagógicas; A Didática: Definição e Importância no Ensino Superior; Planejamento do Ensino; Elaboração de Planos de Ensino e Prática Docente; Avaliação Educacional; Ambiente Virtual de Aprendizagem e Tecnologias para o Ensino; Interações em Sala de Aula EAD e Presencial: O Papel dos Professores e dos Alunos.

08

Metodologia de Trabalho Científico

80 Horas

Conceitos de Ciência; Método Científico; Hipóteses Variáveis; Probabilidade; Validade; Fidedignidade, Amostragem; Delineamentos de Pesquisa; Metodologia Qualitativa e Quantitativa; Aplicação de Questionário em Pesquisas; Caracterização da Linguagem Científica e do Sistema de Produção Científico; Elaboração de Pesquisa Acadêmico-Científica; Ética na Pesquisa; Técnicas de Apresentação; Resumo Científico, Artigo Científico, Ficha Catalográfica, Pré Projeto de Pesquisa, Resenha, Relatórios de Pesquisa, Fichamento.

 

|   © 2020 POR ENGENHARIA E CIA.   |   contato@engenhariaecia.eng.br   |

 |   Whats App (11) 95696 7808   |