• Micelli Camargo

Como Fazer um TCC em 7 Passos

Atualizado: 28 de Mar de 2019


Eu atuei como professor numa faculdade para um Curso de Engenharia Mecânica durante 5 anos e nesse período pude acompanhar muitos alunos, desde dos anos iniciais até a conclusão do curso.


Desde de Maio 2016, iniciei um outro projeto, a Criação de um Canal no YouTube direcionado a alunos de engenharia em geral, tendo já disponibilizado aulas de Mecânica dos Fluidos, Termodinâmica e Estática, além de outros vídeos de curiosidades técnicas. Tal projeto trouxe um aumento expressivo na quantidade de alunos com os quais mantenho algum tipo de contato.


Percebi que uma grande maioria dos alunos, sejam aqueles do curso presencial ou esses que assistem as minhas aulas no Youtube, tem o Trabalho de Conclusão de Curso, o TCC como uma grande incógnita ou algo muito complexo de ser realizado.

Muitos ficam perdidos diante do desafio e em meio a tantas informações disponíveis, sobretudo, na internet. 


A pressão para a finalização do curso vem de todos os lados, faculdade, amigos, família e principalmente de nós mesmo, o que torna o desafio ainda mais estressante.

Com o objetivo de ajudar a cada um que me procura comecei a estuda mais a fundo esse tema, pesquisei trabalho de outros professores, analisei os relatos dos alunos e comparei com minha experiência própria, pude perceber que fazer um TCC não é complicado, o grande problema está na metodologia (ou ausência dela), que aplicamos.


Pensando nisso, cheguei a conclusão que com apenas 7 etapas é possível avançar muito com o TCC, principalmente, nas questões que acabam demandando muito tempo, como a pesquisa de referenciais teóricos, tema ser escolhido, entre outros.


São eles:


Etapa 01) Menos é Mais


Não é verdade que quanto mais tempo disponível, melhor!!! 


Faça uma reflexão sobre todos os trabalhos que você teve que fazer. De 70 a 90 % do trabalho foi executado nos últimos dias do prazo final


Quanto mais tempo temos, mais adiamos as ações que precisam ser tomadas.


O mesmo vale para a quantidade de informações. Comece analisando poucos materiais, 2 livros no máximo. A medida que tiver necessidade, busque uma nova fonte. A maioria dos livros sobre uma determinado tema falam a mesma coisa, o que muda é a abordagem ou forma de falar, mas a essência é a mesma.


Etapa 02) Escolhendo o Tema em 3 Passos


Embora pareça simples, definir o tema nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente, com a abrangência que alguns assuntos tem.


Pedir opinião para outras pessoas então, pior ainda, pois como diz o ditado: "Cada cabeça uma sentença".


Para facilitar, siga os 3 passos:


Passo 01: Escolha um assunto do qual você goste ou tenha afinidade.


Trabalhar com assuntos que temos interesse ou gostamos é muito mais fácil, não é verdade?


Passo 02: Existem informações disponíveis ou de fácil acesso sobre o assunto?


Se você gosta muito de Naves Espaciais, por exemplo, mas as informações sobre o tema são escassos ou confidenciais, você terá muita dificuldade para falar sobre o tema. 


Passo 03:  O Assunto tem relevância?


Existem assuntos que são de interesses de poucas pessoas, nesse caso, encontrar um orientador que esteja disposto a ajudar pode ser um problema. Ou, a faculdade pode não aceitar o tema em questão.

Resumindo essa etapa, você deve responder as 3 perguntas:

  1. O que me interessa ou pode ser útil para minha vida?

  2. Existe conteúdo disponível sobre o assunto?

  3. Esse assunto é relevante?

Ilustrando essas perguntas, fica: 


Agora ficou mais fácil, não?


Etapa 03) Não Busque Referencial Teórico Antes de Definir Sobre o Que Irá Falar


Um erro bastante comum dos alunos é tentar encontrar um trabalho de modelo cujo tema seja idêntico ao seu. Além de ser difícil encontra algo parecido, você corre um sério risco de cair em "Plágio" e ser reprovado.

Jamais utilize o Wikipédia como fonte de informação. Essa fonte não é confiável.


Posso trazer um testemunho meu da época de professor: 


Perguntei certa vez numa avaliação, o que era "Escorvamento de Bomba" (não é escovamento, é escorvamento com R mesmo). 


Alguns alunos (desesperados) entraram "escondidos" no Wikipedia e responderam: "Um escorvamento é um elemento usado para produzir uma explosão, composto por um método de ignição, um detonador (e, eventualmente um reforçador) e o explosivo propriamente dito."


Acontece que a bomba na questão da prova é aquela para bombeamento de líquidos, como uma bomba d'água, e não de uma bomba que explode, ou seja, a resposta não tem nada a ver com o assunto e é claro, todos tiraram zero na prova (kkkk). 


Agora imagina você ser reprovado no TCC por uma coisa dessas.


DICA: Caso você recorra a internet para pesquisa de assuntos acadêmicos, utilize o Google Acadêmico que lhe trará informações fidedignas.


Etapa 04) Defina Objetivos Específicos


É muito comum dizermos que não sabemos sobre o que escrever no TCC o que é perfeitamente compreensível, afinal, corresponde a 70% do trabalho. 


Essa questão é diretamente relacionada a estrutura básica do TCC.  Enquanto o problema de pesquisa e os Objetivos não forem definidos, a dúvida irá continuar. O Problema de pesquisa é a questão central a ser investigada no trabalho e os objetivos específicos a etapas de desenvolvimento dessa investigação. Sendo assim, os Objetivos Específicos, uma vez definidos, dizem claramente ao estudante o que ele deverá escrever no TCC.


Em outras palavras, Objetivos Específicos = Conteúdo do TCC.


Você pode estar pensando: "Como Assim?"


Os objetivos específicos são as etapas para alcançar o seu objetivo geral. E o conteúdo do seu TCC depende dos seus objetivos específicos, porque os capítulos do seu trabalho correspondem ao desenvolvimento dos seus objetivos específicos.


Mas como fazer os objetivos específicos? Primeiro, explicando os conceitos básicos do seu objetivo geral, depois, partindo para os resultados da pesquisa.

Vamos dar um exemplo:


Objetivo Geral: Identificar o impacto da gestão de reposição de estoques sobre os custos de armazenagem da empresa X. 


Objetivos Específicos:

  1. Conceituar logística e gestão de estoques; 

  2. Apresentar os principais custos relacionados à armazenagem; 

  3. Analisar os impactos diretos de uma gestão eficaz da reposição de estoques sobre os custos de armazenagem.

Etapa 05) Elaboração da Introdução


Acredito que todos nós já ficamos diante do computador por muito tempo sem saber por onde começar e o que escrever.


A Introdução, nada mais é do que a própria apresentação prévia do trabalho. Ela deve ter:

  1. Apresentação do Tema

  2. Delimitação do Tema e Justificativa para a Escolha

  3. Problema a ser Analisado

  4. Objetivos


A Apresentação não pode ser jogada, de qualquer jeito. Ela deve ser apresentada em um contexto, uma vez que o leitor pode não conhecer o assunto em questão.


A restrição do tema, para que ele possa ser investigado e justificado, ou seja, porque investigar o tema, qual é a importância do seu assunto. Você precisa convencer o seu leitor de que o seu tema é mesmo importante


O Problema será a base de todo o conteúdo do seu TCC. O problema é a pergunta de pesquisa que você vai responder.

Por fim, o Objetivo Geral é o seu problema na afirmativa e com um verbo à frente: identificar, analisar, avaliar… e os objetivos específicos são as etapas para alcançar o seu objetivo geral.)


Etapa 06) Desenvolvimento 


O desenvolvimento do seu TCC deve possuir capítulos diretamente relacionados ao seus Objetivos Específicos, sendo cada capítulo um objetivo específico que foi previamente determinado.


Aqui você irá apresentar as informações da sua pesquisa e analisá-la.


Pode parecer estranho o que acabamos de colocar mas apresentar e analisar são tarefas distintas.


Apresentar é apenas disponibilizar a informação enquanto analisar corresponde a apresentar causas e efeitos, assim como consequências. Por exemplo: "Um gráfico apresentado onde 60% dos compradores do produto X são mulheres é só a apresentação de uma informação, mas dizer o que isso pode impactar na estratégia de vendas do produto será uma análise.


Etapa 07) Cuidado com o Control C | Control V


Na ansiedade de terminar o trabalho, muitos alunos se aventuram a copiar diretamente textos prontos que ele localiza na internet ou até mesmo em trabalhos similares feitos por outros alunos anteriormente e disparam no Control C Control V sem critério algum.


Além de uma prática questionável, muitos não se dão ao trabalho de editar para fazer a concordância gramatical e a coerência dos textos e pior, mantém a formatação original de cada texto utilizado, com tamanho de letras e fontes diferentes, mostrando um grande descaso com o trabalho.

📷

Procure, sempre escrever seus próprios textos para dar mais credibilidade e identidade ao trabalho.


Finalizamos aqui nossas dicas, deixando para você uma indicação de curso, o curso do prof. Amilton TCC Sem Drama que me ajudou bastante na elaboração do meu TCC do MBA Executivo em Marketing que finalizei no início de 2017 pela FGV.


Escrito por: Micelli Camargo


Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI desde 2005.

MBA Executivo em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas – FGV em 2013

Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Uniderp em 2010


Engenheiro de vendas e aplicações com 13 anos de experiência em vendas técnicas, sendo os últimos 07 anos na pela John Crane, multinacional do seguimento de Vedações Insdustriais, além de atuar como professor e produtor de vídeo-aulas, artigos e cursos relacionados à engenharia em Cursos Engenharia e Cia.


Atualmente coordenador da divisão técnica de Manutenção do Instituto de Engenharia.


www.linkedin.com/in/micellicamargo/

www.cursosengenhariaecia.com.br

www.youtube.com/c/engenhariacia

www.facebook.com/cursosengenhariaecia

0 visualização

|   © 2020 POR ENGENHARIA E CIA.   |   contato@engenhariaecia.eng.br   |

 |   Whats App (11) 95696 7808   |