top of page

Nossos Artigos

Confira abaixo nossos artigos e postagens.

 

Para conhecer nossos cursos CLIQUE AQUI.

Como funciona um transformador

Hoje vamos falar sobre o transformador, mas antes, gostaria de receber nosso conteúdo por email ou whats?


Se sim, acesse https://www.engenhariaecia.eng.br/newsletter e inscreva-se.


Funcionamento de um transformador de energia

Um transformador é um dispositivo eletromagnético utilizado para alterar a tensão elétrica de um sistema de energia. Ele é composto por um núcleo de ferro laminado e duas bobinas de fio condutor enroladas em torno desse núcleo.


Existem duas bobinas principais em um transformador: a bobina primária e a bobina secundária. A bobina primária é conectada à fonte de alimentação elétrica, enquanto a bobina secundária está conectada ao equipamento ou circuito que requer uma tensão diferente.


O funcionamento do transformador é baseado no princípio da indução eletromagnética. Quando uma corrente alternada (CA) flui pela bobina primária, ela cria um campo magnético variável ao redor do núcleo de ferro laminado. Esse campo magnético variável induz uma corrente elétrica na bobina secundária, de acordo com a relação de transformação determinada pelo número de espiras nas bobinas primária e secundária.


A relação de transformação define a proporção entre a tensão de entrada (Vprim) e a tensão de saída (Vsec) do transformador. A relação é determinada pela proporção das espiras nas bobinas primária (Nprim) e secundária (Nsec). Matematicamente, a relação de transformação é expressa por:


Vsec/Vprim = Nsec/Nprim


Portanto, se o número de espiras da bobina secundária for maior do que o número de espiras da bobina primária, a tensão de saída será maior do que a tensão de entrada, resultando em um transformador elevador. Por outro lado, se o número de espiras da bobina secundária for menor, a tensão de saída será menor do que a tensão de entrada, resultando em um transformador abaixador.


É importante destacar que, além da alteração da tensão, um transformador também pode ser utilizado para isolar eletricamente dois circuitos, uma vez que a bobina primária e a bobina secundária não estão fisicamente conectadas uma à outra.


No entanto, é necessário considerar que os transformadores operam com eficiência em correntes alternadas, uma vez que a variação do campo magnético é essencial para a indução eletromagnética. Portanto, eles não são adequados para a transformação direta de corrente contínua (CC), sendo necessários retificadores e conversores adicionais para converter a corrente alternada em corrente contínua antes de serem utilizados com transformadores.


Para demandas de energias altas, um transformador é fundamental, na nossa equipe, temos engenheiro com mais de 25 anos de experiência no projeto elétrico de instalações elétricas para emprendimentos fabris ou edíficios.


Precisa de ajuda nesse quesito, consulte-nos por fone/whats 11 95696 7808 ou email contato@engenhariaecia.eng.br que vamos lhe ajudar.


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
loja do mecanico.png
bottom of page