top of page

Nossos Artigos

Confira abaixo nossos artigos e postagens.

 

Para conhecer nossos cursos CLIQUE AQUI.

Configurações de Uso de Uma Bomba Peristáltica

Hoje vamos falar mais um pouco sobre as bombas peristálticas.


bomba peristaltica


As bombas peristálticas de roletes, classificadas no grupo das bombas volumétricas, se destacam quando o assunto é:


Bombeamento de fluidos agressivos e multifásicos

  • Bombeamento de precisão (dosadoras)

  • Manutenção simples e rápida

  • Projeto eficiente e fácil instalação

  • Bombeamento bidirecional (sucção pode virar descarga e descarga sucção)

  • Não afetar as propriedades, integridade, pureza dos fluidos bombeados

  • Vantagens operacionais, tais como, ser autoescorvante.


👉 Bomba autoescorvante - escorvar uma bomba significa retirar todo o ar do sistema de bombeamento e tubulações.


👉 Bombas peristálticas são bombas autoescorvantes, pois conseguem retirar o ar da tubulação de forma “natural”, criando vácuo para sucção do fluido.


Essa característica abre muitas possibilidades de instalações e configurações para as bombas peristálticas.


As bombas peristálticas da Vallair Airfluid Bombas, Compressores, Instrumentação e Válvulas, por exemplo, conseguem “succionar” fluidos que estejam em até 9,5 metros de profundidade.


Muito útil em aplicações onde precisamos elevar os fluidos de profundidades relevantes.


👉 Configuração como bomba afogada - esta condição de instalação, onde a bomba está abaixo do nível, favorece o escoamento para dentro da bomba e garante energia estática disponível para o bombeamento.


A escorva é facilitada, uma vez que, a própria gravidade (energia gravitacional), junto com a pressão atmosférica (energia de pressão) e coluna de líquido (energia potencial) levarão o fluido até o interior do equipamento, sem o mínimo esforço do mesmo, garantindo de longe, muito mais economia de energia.


Artifícios que potencializam a escorva nas peristálticas - quando parada, a bomba possui líquido em seu magote e os próprios roletes restringem o retorno do fluido.


Contudo, além do mangote, teremos as tubulações e, nos casos em que não houver válvula de retenção na tubulação, teremos acúmulo de ar, e isso, irá exigir mais da escorva da bomba no reinício de operação.


Tubulações com baixas regiões de volume morto, facilitam o equipamento a ter uma escorva otimizada.


Isso é relevante do ponto de vista da velocidade da escorva e do consumo energético.


Conheça mais sobre as bombas peristálticas da Vallair, pelo link https://vallair.com.br/produtos/bombas-peristalticas/

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


loja do mecanico.png
bottom of page