top of page

Nossos Artigos

Confira abaixo nossos artigos e postagens.

 

Para conhecer nossos cursos CLIQUE AQUI.

Entendendo as Gaxetas de Compressão

Hoje, vamos falar das Gaxetas de Compressão, mas antes, gostaria de receber aviso das nossas publicações por whats?



gaxeta de compressão

As gaxetas de compressão são elementos cruciais em aplicações de vedação industrial, desempenhando um papel vital em diversos tipos de máquinas e equipamentos.


Esses componentes são usados para selar fluidos, sejam líquidos, gases ou vapores, em uma ampla gama de equipamentos industriais, como bombas, válvulas, trocadores de calor e pistões.


Funcionamento e Materiais:


As gaxetas operam sob o princípio da compressão mecânica.


São geralmente projetadas como anéis ou cordões, inseridos em ranhuras ou alojamentos no equipamento.


Quando pressionadas, expandem-se radialmente, preenchendo irregularidades na superfície do equipamento e criando uma vedação eficaz.


Os materiais mais usados na fabricação das gaxetas são:


1) Grafite

2) PTFE (politetrafluoretileno)

3) Fibra de vidro

4) Elastômeros

5) Entre outros.


A escolha do material depende de fatores como as características do fluido a ser selado, temperatura, pressão de operação e condições ambientais.


Aplicações:


As gaxetas são amplamente utilizadas em sistemas industriais, empregadas tanto em equipamentos dinâmicos (como bombas centrífugas e pistões) quanto estáticos (como válvulas industriais). Em equipamentos rotativos, é normal esperar um vazamento residual, que serve para lubrificar a gaxeta e reduzir o atrito entre ela e o eixo rotativo.


Por outro lado, em válvulas com movimento lento ou pouco frequente, ou em operações estáticas, as gaxetas de compressão geralmente não apresentam vazamento.


Manutenção e Segurança:


A manutenção adequada das gaxetas é crucial para assegurar o funcionamento eficiente do sistema e prevenir vazamentos.


Isso inclui inspeção regular, reaperto de parafusos de fixação para manter a compressão adequada e substituição de gaxetas desgastadas.


Além disso, gaxetas bem projetadas e mantidas são essenciais para a segurança dos trabalhadores e para a conformidade com regulamentações ambientais, minimizando riscos de vazamentos não controlados.


Variedades de Gaxetas e Especificações:


Existem diversas variedades de gaxetas disponíveis no mercado, como as de PTFE, grafite, fibra de vidro, fibra cerâmica e aramida, cada uma com aplicações e especificações específicas.


Por exemplo, as gaxetas de PTFE são apropriadas para trabalhar com produtos químicos, corrosivos, gases, solventes, oxigênio, produtos alimentícios e farmacêuticos.


Já as gaxetas de fibra cerâmica são indicadas para isolação térmica em altas temperaturas.


Ao escolher a gaxeta adequada, é importante considerar fatores como tamanho, temperatura, tipo de aplicação, fluído a ser selado, pressão e velocidade de operação do equipamento.


Cada gaxeta é desenvolvida para suportar uma faixa específica de pressão, e uma escolha inadequada pode levar a falhas de vedação ou até acidentes graves.


Escrito por Micelli Camargo



curso selo mecanico

81 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


loja do mecanico.png
bottom of page