top of page

Nossos Artigos

Confira abaixo nossos artigos e postagens.

 

Para conhecer nossos cursos CLIQUE AQUI.

Funcionamento do Compressor de Parafusos

Atualizado: 15 de set. de 2023

Hoje vamos falar do COMPRESSOR DE PARAFUSOS, mas antes, gostaria de receber nosso material via email ou whats?

Compressor de Parafusos

O compressor de parafuso é um tipo de compressor de ar amplamente utilizado em diversas aplicações industriais e comerciais.

Sua principal função é comprimir o ar atmosférico, aumentando sua pressão e fornecendo uma vazão de ar contínua e estável para alimentar diversos equipamentos e processos.

Funcionamento do compressor de parafuso:

O compressor de parafuso é composto principalmente por dois rotores parafusos, normalmente chamados de rotor macho e rotor fêmea.


Esses rotores possuem perfis especiais que se encaixam perfeitamente um no outro, mas se tocarem, sendo a vedação entre eles feita por óleo, na maioria dos modelos disponiveis no mercado.

Quando o compressor é acionado, os rotores começam a girar em direções opostas. À medida que eles se movem, o ar atmosférico é sugado pela entrada do compressor e é aprisionado nas câmaras formadas entre os rotores e a carcaça do compressor.


Conforme os rotores continuam a girar, as câmaras de ar são comprimidas progressivamente, reduzindo o volume do ar e aumentando sua pressão.

Por fim, o ar comprimido é liberado pela saída do compressor em alta pressão e levado através de um sistema de tubulações e válvulas para as aplicações desejadas, como ferramentas pneumáticas, sistemas de refrigeração, processos industriais, entre outros.


Limites de pressão e vazão:

Os compressores de parafuso têm limites de pressão e vazão que variam de acordo com o tamanho, projeto e especificações técnicas de cada modelo.

Esses limites são determinados pelas características dos rotores, velocidade de rotação, tamanho do motor e projeto geral do compressor.

Em relação à pressão, os compressores de parafuso podem variar desde unidades de baixa pressão, que podem produzir entre 7 a 14 bar (100 a 200 psi), até compressores de alta pressão, que podem alcançar mais de 30 bar (435 psi) ou até mesmo valores superiores em aplicações específicas.

Já a vazão do compressor é expressa em metros cúbicos por minuto (m³/min) ou pés cúbicos por minuto (cfm). Os modelos menores podem produzir algumas dezenas de metros cúbicos por minuto, enquanto os compressores maiores podem fornecer centenas ou até milhares de metros cúbicos por minuto de ar comprimido.


É importante ressaltar que operar um compressor fora de seus limites de pressão e vazão projetados pode causar danos ao equipamento e resultar em problemas de segurança.

Portanto, é essencial escolher um compressor que atenda às necessidades específicas de cada aplicação e seguir as recomendações do fabricante para garantir um funcionamento seguro e eficiente.

Para dimensionar o compressor, uma série de cálculos deve ser realizados. Temos um treinamentos específico para isso chamado ESPECIFICAÇÃO DE COMPRESSORES.


Saiba mais e inscreva-se no link https://www.engenhariaecia.eng.br/cursos/compressor


Curso dimensionamento de compressor

Assista a explicação no vídeo:



149 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


loja do mecanico.png
bottom of page