top of page

Nossos Artigos

Confira abaixo nossos artigos e postagens.

 

Para conhecer nossos cursos CLIQUE AQUI.

Montagem por Interferência

Hoje vamos falar da MONTAGEM POR INTERFERÊNCIA, mas antes, gostaria de receber nosso conteúdo por email ou whats?


Montagem por interferência

A montagem por interferência é um método de união mecânica em que uma peça é montada ou encaixada em outra com um ajuste apertado, baseado na diferença de dimensões entre os componentes.


Esse tipo de montagem é amplamente utilizado em diversas indústrias para unir peças de forma segura e permanente, sem a necessidade de utilizar elementos de fixação, como parafusos ou soldas.


Para interferências menores, usa-se uma prensa para força a montagem entre as peças.


No entanto em casos de maior responsabilidade, a técnica envolve o aquecimento da peça que contém o furo e o resfriamento do eixo antes da montagem, é uma das abordagens comuns para facilitar a montagem por interferência.


No vídeo temos a montagem de uma engrenagem que é aquecida, enquanto o eixo é resfriado (note a fumacinha saindo do eixo).


O princípio por trás dessa técnica é o fenômeno da dilatação térmica dos materiais.


Quando um material é aquecido, suas moléculas absorvem energia e passam a se mover mais rapidamente, causando uma expansão no volume do material.


Por outro lado, quando um material é resfriado, suas moléculas perdem energia, diminuindo suas vibrações e causando uma contração no volume.


Ao aplicar esse conceito na montagem por interferência, podemos realizar o seguinte procedimento:


1) Aquecimento da peça com o furo: A peça que contém o furo é aquecida, dilatando o material e aumentando temporariamente o diâmetro do furo.


2) Resfriamento do eixo: O eixo é resfriado, reduzindo seu diâmetro temporariamente.


3) Montagem: Com a peça aquecida e o eixo resfriado, o encaixe é realizado enquanto os componentes ainda estão em seus estados termicamente alterados.


4) Ajuste por interferência: Com a temperatura retornando ao normal após a montagem, os materiais voltam a suas dimensões originais, criando uma pressão de contato entre os componentes, garantindo um encaixe apertado e seguro.


Essa técnica é comumente aplicada em diversas situações, como montagem de rolamentos em eixos, engrenagens em eixos, buchas em furos, entre outros.


É importante observar que as temperaturas utilizadas devem ser cuidadosamente controladas para garantir que a expansão e contração dos materiais sejam adequadas para o encaixe pretendido, sem causar danos às peças.


Lembrando que é sempre recomendado seguir as especificações e orientações dos fabricantes ou engenheiros responsáveis pelo projeto para garantir que a montagem por interferência seja realizada de maneira correta e segura.


E você, conhecia essa técnica?


Deixa ai nos comentários.


596 visualizações0 comentário

Comments


loja do mecanico.png
bottom of page