top of page

Nossos Artigos

Confira abaixo nossos artigos e postagens.

 

Para conhecer nossos cursos CLIQUE AQUI.

O que é CIP (Clean in Place)?

Hoje vamos falar sobre o processo de CIP (Clean in Place) mas antes, gostaria de receber avisos de postagens dos nossos conteúdos por whats?



cip

O Clean-in-Place (CIP), que em português significa "Limpeza no Local", é um processo amplamente utilizado em indústrias com grau sanitário como a farmacêutica, de alimentos, de bebidas, química e outras, para limpar e higienizar equipamentos e sistemas de tubulações sem a necessidade de desmontagem. Isso é fundamental para garantir a qualidade do produto, a segurança alimentar e a conformidade com regulamentações de saúde e segurança.


O sistema CIP é especialmente valioso em ambientes de produção que precisam manter altos padrões de higiene e esterilização, como fábricas de alimentos e bebidas, onde a contaminação bacteriana pode representar riscos à saúde pública.


Aqui estão alguns aspectos importantes do CIP:


1) Automatização:


O CIP envolve a utilização de sistemas automatizados para limpar e higienizar equipamentos e tubulações. Isso elimina a necessidade de desmontagem manual, economizando tempo e reduzindo a exposição dos operadores a substâncias químicas e contaminantes.


2) Soluções de limpeza:


Durante o processo CIP, são utilizadas soluções de limpeza específicas, como detergentes, água quente e produtos químicos desinfetantes. Essas soluções são circuladas através de tubulações e equipamentos para remover resíduos e microorganismos indesejados.


3) Temperatura e pressão controladas:


A eficácia do processo de CIP depende da manutenção de temperaturas e pressões específicas. A combinação de temperatura e pressão corretas ajuda a eliminar microorganismos patogênicos e outros contaminantes.


4) Monitoramento e controle:


Os sistemas CIP geralmente incluem sensores e controles que monitoram a temperatura, pressão, concentração de produtos químicos e fluxo das soluções de limpeza. Isso garante que o processo esteja ocorrendo conforme planejado e que a higienização seja eficaz.


5) Validação:


Em setores altamente regulamentados, como a indústria farmacêutica, é essencial validar o processo de CIP para garantir que ele atenda aos padrões de qualidade e segurança. Isso envolve documentar e comprovar que o sistema CIP está funcionando conforme o esperado.


6) Sustentabilidade:


O CIP também pode ser projetado de forma a minimizar o uso de água e produtos químicos, tornando-o mais ambientalmente amigável. A recuperação e reciclagem de água de limpeza usada podem ser implementadas para reduzir o desperdício.


Outro ponto importante é o projeto dos equipamentos que estão inseridos no processo de CIP.


No exemplo, temos a bomba senoidal MasoSine da Watson-Marlow - Brasil que possui um design que favorece o processo de CIP.


Conheça melhor essa bomba pelo link https://lnkd.in/ddqwWar9


83 visualizações0 comentário

Comentarii


loja do mecanico.png
bottom of page