Pressão Absoluta versus Pressão Relativa


Esses conceitos são muitos simples e normalmente nos livros de mecânica dos fluidos se resume a um parágrafo de 3 linhas.


Mesmo assim, é algo que gera muita confusão entre aqueles que não compreendem o conceito.


Pressão absoluta é aquela medida a partir do zero absoluto.


Mas, o que é zero absoluto?

Bom, ai temos que contar uma "historinha" e dar uma abstraída para entender o conceito.

Se tivermos um reservatório hermético e retirarmos, através de uma bomba de vácuo, todo o ar que está dentro dele, chegaremos a uma condição de pressão que dá-se o nome de ZERO ABSOLUTO.


Medindo a pressão a partir do zero absoluto, temos a pressão absoluta.

Na escala absoluta, não existe "pressões negativas".

Acontece que o planeta Terra, onde estamos, possui a camada atmosférica composta por diversos gases e esses gases exercem uma pressão sobre todos nós que aqui estamos, como se fosse uma pressão de coluna de gás.

A essa pressão dá-se o nome de PRESSÃO ATMOSFÉRICA.

Portanto, tudo e todos que estão no planeta Terra estão sujeitos a essa pressão atmosférica.

Nesse sentido, nos sistemas industriais principalmente, é mais útil sabermos se a sua pressão é maior (ou menor) do que a pressão atmosférica.

Portanto, se medirmos a pressão a partir da pressão atmosférica, temos a PRESSÃO RELATIVA. Como ela será a pressão que efetivamente age no sistema, ela também pode ser chamada de PRESSÃO EFETIVA.

Já na escala relativa faz sentido em se falar em pressão positiva ou negativa, ou seja, positiva é uma pressão maior que a atmosférica e negativa é uma pressão menor do que a atmosférica.

Como o instrumento mais usado para pressão efetiva positiva é o manômetro, ela também é chamada de PRESSÃO MANOMÉTRICA.

O mesmo acontece com a pressão negativa, usando-se um vacuômetro, chama-se de PRESSÃO VACUOMÉTRICA.

É mais comum medirmos pressão relativa e depois calcular a pressão absoluta pela expressão:

Pabsoluta = Prelativa + Patmosférica.

A imagem é típica, para ilustrar as escalas de pressão.


Mas e daí e eu com isso?


No caso de cálculos envolvendo pressões, caso estivermos usando a escala relativa, muito comum em sistema hidráulico, quando o sistema estiver sujeito a pressão atmosférica, vamos considerar pressão zero.

Além disso, se o sistema tem pressão positiva, no caso de vazamento, o produto sai pro ambiente, enquanto no caso de pressão negativa, o ar entrará no sistema.



6 visualizações0 comentário