top of page
cursos.gif
mecanica dos fluidos.gif

Quebrando a Barreira do Som

Hoje trazemos uma curiosidade sobre o avião supersônico.

Mas antes gostaríamos de lhe convidar para assinar nossa Newsletter por email, é grátis.


Assim, você sempre receberá nossas postagens, acesse https://www.engenhariaecia.eng.br/newsletter.

No trechinho de vídeo nós vemos o cone que é formado quando o avião está quebrando a barreira do som.

Na teoria de mecânica dos fluidos, isso acontece quando o escoamento é sônico, ou seja, o número de Mach "M" é igual a 1. Acima desse valor é considerado supersônico e abaixo subsônico.

"M" é definido como a divisão da velocidade do escoamento dividido pela velocidade do som NO MEIO, no caso do avião, a velocidade do som no AR é ~340 m/s (Na água já é 1450 m/s).

No caso dos aviões, teremos a sua velocidade acima dos ~1200 km/h.

É um ponto importantíssimo pois muda drasticamente o comportamento do escoamento.

Enquanto a redução de seção no escoamento subsônico promove, normalmente, aumento de velocidade e redução de pressão, no escoamento supersônico, é o oposto, a velocidade diminui e a pressão aumenta com redução da seção.

Isso significa que o comportamento do ar ao passar pelas asas do avião é de um jeito para velocidade abaixo dos 1200 km/h e de outro jeito acima dessa velocidade.

E isso é um fator complicador do projeto desses aviões que os engenheiros, físicos e outros profissionais envolvidos nos projetos conseguiram superar.

#engenhariaecia




15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page